O que nos move

Por um futuro inclusivo

Queremos estreitar os laços que nos unem às comunidades locais enquanto agentes de desenvolvimento económico e social.
Sabemos que podemos ter um papel relevante na promoção de um futuro inclusivo e sustentável para essas mesmas comunidades.
Com o nosso Programa, queremos apoiar projetos que concorram para este fim.

Acreditamos que as quatro áreas de atuação escolhidas para os projetos apoiados pelo Programa VINCI para a Cidadania são as que melhor podem garantir uma eficaz e produtiva transferência de conhecimento e recursos que o apadrinhamento de projetos pelos nossos trabalhadores irá promover.

Áreas de Atuação

Com o nosso Programa, queremos apoiar projetos que concorram para este fim...

Acesso ao emprego

O Programa Vinci Para a Cidadania apoia organizações que promovam projetos que permitam o acesso ao emprego a pessoas em situação de exclusão do mercado laboral, bem como o acesso à formação por parte daqueles que não tenham qualificações escolares ou profissionais. O Programa apoia organizações que fomentem a integração pela atividade económica; estruturas de trabalho adaptado e protegido para pessoas portadoras de deficiência; organismos diversos dedicados ao combate ao abandono escolar (alfabetização, formação em competências base, etc.)

Mobilidade solidária

O Programa Vinci Para a Cidadania apoia iniciativas que promovam a mobilidade de pessoas em situação de exclusão social ou profissional: escolas de condução e oficinas de reparação sociais, serviços de aluguer solidários, plataformas e serviços de apoio à mobilidade.

Inserção pela habitação

O Programa Vinci Para a Cidadania encoraja as organizações que promovam projetos que permitam o acesso à habitação dos mais carenciados, apoiando pessoas sem-abrigo, com habitações precárias ou em risco de despejo e projetos favorecendo a convivência inter-geracional e social e a habitação participativa.

Intervenção social em bairros prioritários

O Programa Vinci Para a Cidadania apoia organizações que atuem para o reforço dos elos sociais e combate ao isolamento e exclusão social dos moradores dos bairros prioritários: organizações generalistas (acolhimento de jovens, apoio escolar, animação da vida no bairro) centros de alfabetização; organizações de luta contra o abandono escolar (inserção pelo desporto e cultura).